Avaliação de Produtos: Oracle Process Cloud Services (Oracle PCS)

No mercado de automação de processos há mais de 20 anos, a Oracle acaba de lançar uma solução para automação de processos simples, leve e que roda em ambiente na nuvem: o Oracle Process Cloud Service, ou Oracle PCS.
Com o foco na automação de processos, o produto possui recursos interessantes para a modelagem e execução de processos, todos disponibilizados em um ambiente simples de boa usabilidade que permitem tanto o usuário de negócios com a área de TI realizarem a automação de seus processos.

 

Na lista abaixo analisamos como a plataforma atende a alguns dos principais requisitos de BPMS:
  • Modelagem com BPMN: Possui suporte tanto a nível de modelagem como a nível de implementação e execução de grande parte dos recursos oferecidos pela notação BPMN.

    Modelagem do processo com BPMN

  • Modelagem de Formulários: Com o uso da tecnologia Webforms, permite o desenvolvimento de formulários em ambiente visual de forma fácil e rápida com os recursos de arrastar e soltar. É possível definir um formulário para cada atividade ou reaproveitar um mesmo formulário em várias atividades, agilizando o desenvolvimento da automação.

    Editor de formulário visual (WYSIWYG)

  • Regras de Negócio em Formulários: Possui uma linguagem nativa de script que manipulam as propriedades dos elementos dos formulários. A linguagem permite a configuração de regras de negócio básicas e avançadas, mas de acordo com o que se deseja fazer, um conhecimento e familiaridade com programação começa a se fazer necessário.
  • Integração com Sistemas: Possui nativamente a chamada de serviços. Contudo, como o ambiente está em ambiente cloud e não existe hoje formas de se estabelecer uma VPN ou um túnel privado com o cliente, faz-se necessário que os serviços estejam disponíveis em ambiente público na web.

    Configuração de acionamento de serviços pelo processo

  • Orquestração de Sistemas: Apesar de não ter recursos mais poderosos para a implementação de processos de natureza sistêmica, o PCS se integra naturalmente com outro produto da Oracle chamado ICS – Integration Cloud Service – que permite a configuração de um barramento de serviços em ambiente de nuvem, facilitando a orquestração deste tipo de necessidade.
  • Gestão de Conteúdo: De forma similar como resolve as necessidades de processos sistêmicos, o PCS se integra de forma nativa com o Oracle Documents, plataforma de gestão de documentos na nuvem da Oracle que permite o compartilhamento, colaboração, visualização, controle de versão e trâmite dos documentos ao longo dos processos.
  • Motor de Regras: Possui um ambiente próprio para a configuração de regras de negócio que são consumidas por atividades do processo através da configuração de tabelas de decisão.

    Criação de Regras de Negócio

  • Ambiente de Execução: Bastante prático e funcional, possui uma lista de trabalho onde são executadas as atividades humanas. Permite a criação de filtro para a seleção de atividades e a consulta de onde está um determinado processo e qual o seu histórico de execução.

    Ambiente de execução do processo

  • Mobile: Possui aplicativo próprio para iOS eAndroid para a execução de processos em ambiente mobile.
  • Indicadores e Relatórios: Disponibiliza uma série de relatórios e dashboards pré-prontos que permitem o acompanhamento de qualquer processo modelado na plataforma. Contudo, possui nativamente poucos recursos de customização destes indicadores.

    Indicadores e relatórios do Oracle PCS

Nesta solução de BPM, a Oracle provê todo o ambiente e infraestrutura do produto, tendo um modelo de licenciamento baseado na compra de créditos que podem ser utilizados o licenciamento por usuário, com valores distintos de acordo com o tipo de usuário: Administrador, Participante e Invocador.

 

Na avaliação da iProcess…

… o Oracle PCS chega como um bom produto para a implementação de processo de baixa e média complexidade, sendo uma plataforma bastante produtiva para o desenvolvimento dos processos a que se propõem e tendo um bom custo x benefício para empresas que querem rapidamente implementar muitos processos com predominância de atividades humanas na sua organização.
É uma solução de rápida adoção, visto que podem ser adquiridos poucos usuários a um custo acessível e que o ambiente em algumas horas já estará disponível para as áreas de Ti e negócios dada a facilidade da automação na nuvem.
Como pontos a melhorar está a necessidade dos serviços do cliente terem que estar expostos na web para serem evocados e pouca customização de relatórios e indicadores.

 

Para conhecer um pouco mais do Oracle PCS, assista aos vídeos abaixo.

 

Vídeo 1: Os benefícios da automação de processos com o Oracle Process Cloud Services

Vídeo 2: Demonstração de utilização do Oracle Process Cloud Services

Para mais informações, fale com a iProcess ou entre em contato com a gente no email contato@iprocess.com.br.

2 ideias sobre “Avaliação de Produtos: Oracle Process Cloud Services (Oracle PCS)

  1. Olá! Gostei muito da matéria, porém tenho uma dúvida
    Além desse tipo de solução, uma empresa ainda precisaria de um ERP?

    Gostaria de saber também se os cursos Automação de Processos: Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas Orientado a Processos e Serviços e Modelagem de Processos para Automação são equivalentes ou complementares?

    Desde já, muito obrigado!

  2. Olá Vagner,

    O BPMS não é um substituto nem para um ERP e nem tão pouco para outros sistemas da organização.
    O BPMS é responsável pela orquestração da camada de processos, enquanto que os sistemas atuam na camada de informações. Assim, por exemplo, o fato de você automatizar, por exemplo, processos de RH, não significa que o cálculo da sua folha de pagamento, do direito a férias ou o controle de ponto será feito pelo BPMS. O que ele fará, neste sentido, é orquestrar o processo, solicitando as pessoas certas, na hora certa, que tomem as ações necessárias.

    Sobre os cursos, o curso de modelagem de processos para automação (iPE03) é o curso atual de automação da iProcess.
    Este curso será lançado nos próximos dias também em formato EAD.
    Espero ter ajudado.
    Abraços,

    Eduardo Britto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>