Blog da iProcess - Compartilhando conhecimento em BPM e RPA

Quadrante Mágico do Gartner para RPA – Diferenciais das Melhores Plataformas

Uma análise das avaliações do Gartner para RPA demonstrando os mais recentes recursos das plataformas de destaque e como se diferenciam das demais soluções do mercado.

Com o aquecimento do mercado de RPA, vemos diariamente os players lançando novas versões, aquisições sendo realizadas por grandes provedores de software e novas plataformas sendo lançadas.

Conhecido como uma referência de análise de capacidade e funcionalidades, o quadrante mágico do Gartner é uma referência no mercado para a tomada de decisão de diversas tecnologias, estando entre elas o RPA.

Lançado no final de julho de 2022, o último quadrante mágico de RPA reforçou a liderança e atualizou o posicionamento das plataformas que a iProcess representa e utiliza em seus projetos, como a uiPath, Automation Anywhere, Microsoft e IBM.

Neste webinar, realizaremos uma análise das principais avaliações do Gartner em relação ao mercado de RPA, demonstrando de forma objetiva quais os principais e mais recentes recursos destas plataformas e como elas se diferenciam das demais soluções do mercado.

Este evento já aconteceu! Confira o vídeo gravado da apresentação:

Veja a seguir respostas para as perguntas realizadas pelos participantes do evento:

Será possível um usuário de sistemas desenvolver na plataforma? – Solange
Resposta: Sim, entendemos que é possível. As plataformas de RPA têm buscado criar editores de scripts cada vez mais simples e fáceis de usar, necessitando de pouco conhecimento sobre lógica. Dentre as plataformas que citamos, a uiPath tem uma versão do seu editor chamado uiPath StudioX, criado especificamente para desenvolvedores cidadãos (citizen developers), mas um usuário de sistemas bem treinado pode criar automações simples em qualquer uma destas plataformas que apresentamos. Há alguns cuidados: independente da plataforma, a pessoa precisará ter algum raciocínio lógico para estruturar o script e as regras. Além disso, não é qualquer tarefa que será desenvolvida por estes usuários. O citizen developer vai trabalhar principalmente com tarefas de baixa complexidade, interagindo com telas e aplicações, deixando tarefas que envolvam conhecimento mais aprofundado de recursos técnicos como tratamentos de exceções, integrações de dados, extração de dados em arquivos XML, etc.
Existem experiências bastante positivas com esta adoção, e em algumas empresas inclusive a adoção dos robôs começa por iniciativa de usuários de negócio buscando uma solução para os problemas da sua rotina de trabalho, tornando-se uma solução corporativa mais adiante, quando os robôs começam a abranger processos mais complexos . Confira no Episódio 1 do podcast iProcess Digitalks uma entrevista com usuárias de negócio e a sua experiência criando os primeiros robôs da sua empresa.
O uiPath substitui o BPMS também? – Rafael
Resposta: O RPA não é uma solução para substituir o BPMS; na verdade são soluções distintas e inclusive podem ser complementares. O BPMS envolve a coordenação de múltiplas atividades realizadas por diferentes participantes, podendo ser pessoas, sistemas e robôs. Existe entretanto uma área de sobreposição de algumas soluções que apresentamos no webinar e que fazem parte das plataformas de RPA, como o Action Center da uiPath e o AARI da Automation Anywhere, cujo objetivo é melhorar a interação entre pessoas e robôs. O foco aqui é possibilitar que uma pessoa possa colaborar com o trabalho do robô para executar uma tarefa específica, mas não é gerenciar o fluxo de trabalho dos processos de negócio. Além disso, é importante lembrar que o BPMS vai além da funcionalidade de workflow – ele envolve outros recursos de modelagem, gestão do trabalho, indicadores entre outros.
Acompanho uma plataforma chilena que vinha apresentando crescimento. Alguma eventual justificativa sobre ela não aparecer no quadrante mágico – Francisco
Resposta: Existem alguns requisitos mínimos que devem ser atendidos para que uma solução seja avaliada pelo Gartner em qualquer quadrante mágico. Assim, existe a possibilidade da plataforma não ter atingido estes requisitos. Um requisito importante é o marketshare da solução; ela precisa ter uma presença de mercado relevante com bom volume de clientes para entrar na lista de soluções avaliadas. Além disso, para entrar na avaliação, a plataforma precisa realizar um investimento, pois a análise do Gartner é contratada.
AA trabalha bem com produtos Microsoft? – Lauro
Resposta: Sim, pela experiência que temos tido em projetos, a solução da Automation Anywhere possui componentes de integração com as soluções da Microsoft que apresentam bons resultados.
Como funciona (uiPath) a versão grátis (comunitária) ou quais os custos para pequenas e médias empresas?  – Fabrício
Gostaria de entender como funciona a versão community da uiPath para pequenas e médias empresas. – Rayani
Resposta: Quando você assina a versão community da uiPath, você tema acesso a um conjunto de componentes que a uiPath disponibiliza, entre eles algumas licenças de studio, robôs. Até avaliação recente que fizemos dos termos de uso, a versão apresenta alguns limites para o uso da versão comunitária em produção. De acordo com o número de funcionários da empresa e o faturamento,  a versão comunitaria pode ser utilizada. Os termos podem mudar a qualquer momento, portanto recomendamos avaliar com cuidado os termos de adesão. As versões comunitárias geralmente não incluem suporte do fornecedor, o que pode ser um problema se uma automação crítica enfrentar problemas na execução. Apesar da pergunta ser especificamente da uiPath, vale ressaltar que a Automation Anywhere também tem versão community. A IBM deve lançar também sua versão comunitária em breve. E a solução da Microsoft não tem versão comunitária, mas o Office 365 – mesmo a licença pessoal, permite criar automações com o power automate também.
Para pequenas e médias empresas, recomendamos dois caminhos: primeiro, verificar os termos de uso das versões community, segundo avaliar soluções de menor custo de entrada que existem no mercado.

 

Confira também outros conteúdos relacionados que podem ser do seu interesse:

E, se você quer saber mais sobre como implantar uma força de trabalho digital na sua organização, participe da nossa Trilha de Formação RPA – confira a próxima turma!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS VISTOS

Torne-se um líder em iniciativas em RPA, a próxima turma inicia em agosto!... (continuar lendo)
Participe deste evento exclusive e gratuIto e se prepare para as transformações que IA irá... (continuar lendo)
Veja agora as ações que foram realizadas através das doações de todos os participantes deste... (continuar lendo)

Inscreva-se na nossa Newsletter

seers cmp badge